< <$BlogRSDUrl$>

julho 18, 2003

SOMETHING NEW, SOMETHING OLD

Algo pra curtirem.
Desenhei há algum tempo, pensando na transformação de Lestat em vampiro.
O desenho é novo, o tema, recorrente.
O poema é uma brincadeira que fiz no Tinta Rubra, respondendo em poesia os emails do Tristan.
Enfim...



Dominação
Giulia Moon

Garoto, lute comigo
Como um belo inimigo
Prisioneiro do próprio desejo
Que, com meu poder, realizo

Chora pela liberdade perdida,
Pressente o inadiável final,
Chora pelo pecado carnal
Sob as asas desse mal.

Mas não sofras, amada presa,
Pois não verás tamanha beleza
Em pobre vida mortal,
Senão em minha garra letal...

julho 14, 2003

DE MANHÃ

This Is the Day
The The

Well... you didn't wake up this morning
Because you didn't go to bed
You were watching the whites of your eyes
Turn red


Ontem. Rostos jovens, textura de porcelana de maquiagem espessa. Gesso sobre vida. Fetiche dolls, preto e branco vagando banhados na escuridão. Festa. Música. Olhos esgazeados. Papo-cabeça, tronco e membros. Papo-paixão de adolescência e aquiescência, quintessência de uma religião que professa que o medo do escuro está pra sempre banido, amém. De tudo um pouco. Palavras ao vento, palavras à flor da pele em folhas de papel. Pequenos ditadores na pista, grandes pensadores no balcão do bar. Misses e dominatrizes contracenam com criatores que parasitam e tecem teias de influências. Mais música. Mais preto e branco. Mais palavras. Olhares, ruminares, ressonares. Interferência artística-mística no cenário hedonista. Corpos espalhados pelo chão de piso impermeável a líquidos como sangue, suor e lágrimas. Enfileirados como oferendas à lua. Dos porquês aos entãos, tudo tem causa e consequência. Os mocinhos entraram pela porta dos fundos. E saíram pela frente, de manhã.



This page is powered by Blogger. Isn't yours?